segunda-feira, junho 04, 2018

SEMANA CIHEL 2017, um pequeno relato - Infohabitar 644

SEMANA CIHEL 2017, um pequeno relato - Infohabitar 644

Infohabitar, Ano XIV, n.º 644

por António Baptista Coelho (texto e imagens)

Congresso Internacional da Habitação no Espaço Lusófono - CIHEL
SEMANA CIHEL 2017
1as Conferências CIHEL – 5 e 6 de março
4.º CIHEL – 7 a 10 de março
Tendo passado já mais de um ano sobre a Semana CIHEL 2017 e começando a ser altura de se pensar na continuidade do Congresso e de ações a ele associadas, faz-se, em seguida, um pequeno relato, essencialmente fotográfico, que regista alguns aspetos das múltiplas atividades realizadas entre o Porto, Viseu, Covilhã e Fundão, entre 5 e 10 de março de 2017.
Tal como tinha sido já previsto na Reunião do Secretariado do CIHEL que marcou o final do 3.º Congresso em São Paulo, o 4.º CIHEL, no seu conjunto (Semana CIHEL 2017) foi organizado, essencialmente, por duas entidades: a Câmara Municipal do Porto e a sua Domus Social EM; e a Universidade da Beira Interior (UBI) e o seu Departamento de Engenharia Civil e Arquitectura.
(1) Logótipos da Semana CIHEL 2017 (Isabel Romana)
A ideia foi cumprir e reforçar a tradição do Congresso Internacional da Habitação no Espaço Lusófono (CIHEL), designadamente, nos seus aspetos de preenchimento de uma semana com diversas atividades e de autonomização maximizada das diversas iniciativas; e assim avançámos para o que, desde logo, designámos, como um novo CIHEL “entre duas cidades”, uma ideia que evoluiu, depois, para um CIHEL entre cidades e aldeias e entre o litoral mais cosmopolita  e o interior que vai das zonas com excelente qualidade de vida aos territórios de baixa densidade, povoados por aldeias com história e hoje em dia a viverem um período de redescoberta e de clara revalorização.
E a ideia foi, também, proporcionar, no 4.º CIHEL, um adequado tempo de diálogo e de encontro, um tempo de qualidade, ao invés de fugazes parcelas de tempo resgatadas entre reuniões, painéis e plenários – numa opção de “encontro” que se pretende vir a aprofundar –, e assim se avançou para uma semana completa, basicamente entre duas cidades, Porto e Covilhã, mas passando por outras cidades e aldeias do interior de Portugal, numa perspetiva que tem, também, valências importantes no sentido de se dar a conhecer um pouco desse excelente “interior”.
 
(2) Cartazes da Semana CIHEL 2017 (ilustrações Maria Abreu e atelier CNLL com Pedro Botelho)
O 4.º CIHEL construiu-se, assim, sobre esta ideia de base: um evento científico “clássico” integrado e polarizador de um conjunto articulado de outros eventos e visitas, estrategicamente organizados com autonomia e abrangendo um amplo e diversificado território.
Mas o 4.º CIHEL também inovou na introdução de uma nova tipologia de encontros CIHEL: as Conferências, neste caso as 1as Conferências CIHEL, realizadas no Porto e onde a metodologia corresponde a uma sequência de palestras e mesas-redondas por convidados; uma tipologia de encontro técnico e científico que irá permitir, espera-se, concretizar eventos CIHEL de uma forma mais agilizada e disseminada.
SÍNTESE DA SEMANA CIHEL2017
 5 a 10 de março de 2017
4.º CIHEL – 2017, CMP Domus Social, UBI e GHabitar, Porto e Covilhã - Portugal
www.4cihel2017.ubi.pt (ver site activo)
O 4.º CIHEL  e a semana CIHEL2017, que integrou as 1as Conferências CIHEL, no Porto – Grande Auditório da Biblioteca Municipal Almeida Garrett – foram organizados pela Câmara Municipal do Porto e sua Domus Social e pela Universidade da Beira Interior e seu Departamento de Arquitectura e Engenharia, com apoio e iniciativa da GHabitar-APPQH e do Secretariado Permanente do CIHEL e com apoios estratégicos da Câmara Municipal do Fundão, das Aldeias Históricasde Portugal, das Aldeias do Xisto e da Câmara Municipal de Viseu.
O 4.º CIHEL teve ainda apoios de diversas entidades (ver site) entre as quais se destacam a Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (FAUP), o Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), o Secretariado Permamente do CIHEL, o CIAMH-FAUP, a revista na WWW Infohabitar.
Presidente da Semana CIHEL 2017, Manuel Correia Fernandes; Presidente do 4.º CIHEL, António Reis Cabrita; Presidente da Comissão Científica, Carlos Almeida Marques;  Coordenação científica das 1.as Conferências CIHEL, Carlos Nuno Lacerda Lopes; Comissão Organizadora da Semana CIHEL 2017, António Baptista Coelho, Carlos Almeida Marques, Carlos Nuno Lacerda Lopes, Inês Daniel de Campos, José António Ferreira, Rogério Galante; Direção do 4.º CIHEL, António Baptista Coelho, Inês Daniel de Campos, Rogério Galante; Presidente da Comissão Dinamizadora Internacional, Miguel Moreira Pinto; importa, ainda, sublinhar o que se considera ter sido a muito interessante linha gráfica do 4.º CIHEL, coordenada por Carlos Nuno Lacerda Lopes.

(3) Ilustração da Semana CIHEL 2017 (ilustrações Maria Abreu e atelier CNLL com Pedro Botelho)
1as Conferências CIHEL – Porto, 5 e 6 de março
(síntese do evento)
Visitas Técnicas: Domingo, 5 de março
Receção na Domus Social da Câmara Municipal do Porto (CMP).
 
(4) Visitas no âmbito das 1.as Conferências CIHEL, Porto (Aldoar)
Visita A (habitação de interesse social: 2 operações públicas + 2 cooperativas): Cooperativa de Massarelos (Arq.ºs Francisco Barata Fernandes e Manuel Fernandes de Sá); Bairro Rainha D.ª Leonor (Arq.ª Inês Lobo); Cooperativa de Aldoar (Arq.º Manuel Correia Fernandes); Bairro de Ramalde (Eng.º Vasco Peixoto de Freitas, Arq.º Nuno Valentim).
Visita B (habitação de interesse social: 3 operações públicas + 1 cooperativa): “Ilha” da Bela Vista (Cerejeira Fontes / Layout Serviços de Engenharia, Lda.); Cooperativa da Bouça / Águas Férreas (Arq.os Álvaro Siza e António Madureira); São João de Deus (Arq.º Nuno Brandão Costa); Lagarteiro (Arq.º Paulo Tormenta Pinto).

(5) Boas-vindas na Câmara Municipal do Porto
Boas-vindas no edifício da Câmara Municipal do Porto.
Jantar na Alfândega do Porto.

1as Conferências CIHEL, Porto, Grande Auditório da Biblioteca Municipal Almeida Garrett (Palácio de Cristal): 6 de março
(6) Abertura da Semana CIHEL 2017 e das 1as Conferências CIHEL, Porto
(7) 1as Conferências CIHEL, Porto, Grande Auditório da Biblioteca Municipal Almeida Garrett
As 1as Conferências CIHEL, no Porto, contaram entre variadas intervenções organizadas em diversos painéis, com duas conferências dos professores e arquitetos Héctor Vigliecca e Raúl Hestnes Ferreira sobre os temas "A Cidade Habitada na América do Sul (Brasil)" e "A Cidade Habitada na Europa do Sul (Portugal)", respetivamente.
(Manhã)
Abertura institucional com organizadores e responsáveis da Câmara Municipal do Porto.
A Cidade Habitada na América do Sul (Brasil) – Héctor Vigliecca, com apresentação de Carlos Almeida Marques;
A Cidade Habitada e a Cidade por Habitar - Valdemar Cruz; António Figueiredo,Pedro Ramalho, Vítor Abrantes.
(8) 1as Conferências CIHEL, Porto - Héctor Vigliecca
(9) 1as Conferências CIHEL, Porto  

(10) 1as Conferências CIHEL, Porto - Feira do Livro
(Tarde)
Novos e Velhos Modos de Habitar - Nuno Lacerda Lopes, Nuno Brandão Costa, Álvaro Domingues, Virgílio Borges Pereira, Paulo Tormenta Pinto.
A Construção do Habitar - Manuela Álvares, Luís Soares Carneiro, Francisco Barata, Ricardo Carvalho, Ana Vaz Milheiro.
A Cidade Habitada na Europa do Sul (Portugal) - Raúl Hestnes Ferreira, com apresentação de Manuel Correia Fernandes.
Encerramento das Conferências
Coordenação geral: Carlos Nuno Lacerla Lopes, José António Ferreira e Domus Social.
Os responsáveis pelo 4.º CIHEL deixam aqui registado um agradecimento muito especial aos técnicos da Domus Social que apoiaram na organização e no desenrolar das visitas e das sessões que integraram as 1.as Conferências CIHEL no Porto.
 (11) Receção na Câmara Municipal de Viseu

(12) Visita ao Centro Histórico de Viseu
Terça-feira, 7 de março – viagem Porto – Viseu, com receção oficial e visitas acompanhadas nesta cidade
Coordenação: Carlos Almeida Marques
. Saída em autocarro do Porto (Palácio de Cristal).
. Receção no Salão Nobre da Câmara Municipal de Viseu.
. Visitas acompanhadas no Centro Histórico de Viseu, cidade portuguesa que tem sido considerada como tendo excelente qualidade de vida.
(13) Ilustração do 4.º CIHEL (ilustrações Maria Abreu e atelier CNLL com Pedro Botelho)
 

(14) Abertura do 4.º CIHEL na UBI - intervenção de Inês Campos





(15) Abertura do 4.º CIHEL na UBI - intervenção de António Gameiro

(16) Abertura do 4.º CIHEL na UBI - intervenção de Reis Cabrita

(17) Abertura do 4.º CIHEL na UBI - os congressistas


4.º CIHEL – Covilhã, 7 a 9 de março
O 4.º CIHEL e 1as Conferências CIHEL proporcionaram a discussão do tema/título geral “A CIDADE HABITADA”.
Depois, entre o final da terça-feira e a quinta-feira (de 7 a 9 de março), decorreu na Faculdade de Engenharia da Universidade da Beira Interior, na Covilhã, o 4.º CIHEL, com conjuntos de Conferências e apresentação de Comunicações em sessões temáticas, cujos resumos e textos ficaram disponíveis no respectivo livro de atas.
Os responsáveis pelo 4.º CIHEL deixam aqui registado um agradecimento muito especial aos estudantes do Mestrado Integrado em Arquitectura da UBI e designadamente aos membros do seu NAUBI – Núcleo de Arquitectura da UBI, pelo vital apoio que asseguraram na preparação final e no desenrolar dos trabalhos do Congresso.
(17) Abertura do 4.º CIHEL na UBI - intervenção de Carlos Nuno Lacerda Lopes

(18) Abertura do 4.º CIHEL na UBI - intervenção de Grandão Lopes

Terça-feira dia 7 de março – Grande Auditório da Faculdade de Engenharia da UBI; Abertura institucional do 4.º CIHEL (em plenário)

Quarta-feira dia 8 de março – Auditórios da Faculdade de Engenharia da Universidade da Beira Interior (UBI), Covilhã:
. Sessões temáticas simultâneas
1ª Mesa Redonda (em plenário) – sobre as temáticas do Território (três palestrantes e um moderador): José António Ferreira (moderador); Eugénio Soriano;  Héctor Vigliecca; Paulo Fernandes.
Quinta-feira dia 9 de março: Auditórios da Faculdade de Engenharia da Universidade da Beira Interior:
Sessões temáticas simultâneas
Reunião do Secretariado do CIHEL
2ª Mesa Redonda (em plenário) – sobre as temáticas do habitat humano (três palestrantes e um moderador): Angélica Benatti Alvim; Jaime Comiche; Leandro Medrano; Vítor Reis.
Encerramento do 4.º CIHEL e intervenções institucionais (em plenário)
 
(19) Trabalhos do 4.º CIHEL na UBI - sessões temáticas (apresentação de comunicações)
(20) 4.º CIHEL na UBI - 1.ª Mesa Redonda

(21) 4.º CIHEL na UBI - 2.ª Mesa Redonda

(22) 4.º CIHEL na UBI - uma das mesas de encerramento

(23) 4.º CIHEL na UBI - encerramento com os estudantes do NAUBI - Núcleo de Estudantes de Arquitectura da UBI - que apoiaram incansavelmente o 4.º CIHEL

(24) Reunião do Secretariado Permanente do CIHEL, na UBI

(25) 4.º CIHEL - encerramento

(26) Semana CIHEL 2017 - exposição dos trabalhos do 4.º CIHEL Prémio Universidades - A Cidade Habitada

4.º CIHEL Prémio Universidades – A Cidade Habitada
O 4ª CIHEL integrou o 4º CIHEL - Prémio Universidades, que teve o apoio da Domus Social da CMP, a presidência de Paulo Tormenta Pinto e que foi atribuído a trabalhos de projecto realizados no âmbito académico subordinados ao tema “A Cidade Habitada” - regeneração das cidades tendo como base as problemáticas da habitação e do habitar.
Vogais do Prémio: Alexandra Saraiva; Jorge Marum; Marta Rocha Moreira; Paulo Moreira; Sara Morgado.
Premiados:
1º Prémio - Carlos Cruz e Micael Pepe, do ISCTE – IUL, com um trabalho intitulado: ‘A Matéria do Lugar – Unidade de Alojamento Temporário, Sines’, destacando-se o valor da regeneração da estrutura urbana e a cuidada integração das pré-existências.
2º Prémio - Daniela Rosa, da Universidade Presbiteriana Mackenzie de São Paulo, com um trabalho intitulado: “Produção e Reabilitação de Edifícios para Locação Social no Centro de São Paulo”, destacando-se a análise urbana e a pertinência da reconversão de edifícios subutilizados, transformando-os com programas mistos em novas urbanidades.
3º Prémio - Marcelo Cardia, da Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa, com um trabalho intitulado “Limite como Memória – Consolidação da Rua do Sítio ao Casalinho da Ajuda” destacando-se a importância da análise ecológica da cidade e a intervenção de micro-escala.
Mensões Honrosas
As Menções Honrosas, sem qualquer hierarquização, foram atribuídas aos trabalhos de:
. Alice Lima, do Centro Universitário de Belas Artes de São Paulo;
. Vinicius Fais, da Universidade Presbiteriana Mackenzie, de São Paulo;
. Rita Gomes, da Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa;
. Susana Rego, do ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa;
. Vanilton Tavares, da Universidade Jean Piaget de Cabo Verde.
 A divulgação dos resultados ocorreu durante a 1as Conferências CIHEL, que tiveram lugar no Grande Auditório da Biblioteca Municipal Almeida Garrett, no Porto, dia 6 de Março de 2017 e também no âmbito do 4.º CIHEL na UBI.


(26) 4.º CIHEL, Feira do Livro 
Exposições e feira do livro
No âmbito do 4.º CIHEL foram, ainda, desenvolvidas exposiçõescom destaque para o Prémio IHRU/Nuno Teotónio Pereira 2016 – e uma pequena Feira do Livro de Arquitetura com a Editora Caleidoscópio.
 4.º CIHEL VISITAS – Fundão, 10 de março
Finalmente, na sexta-feira  (dia 10 de março), foram realizadas visitas com apoio e base em uma outra cidade bem marcada pela qualidade de vida, o Fundão, que nos fez a ponte para as muito interessantes Aldeias Históricas de Portugal e para as Aldeias do Xisto, que, de certa forma, concluíram o 4.º CIHEL, mas com um evidente sinal de apresentação e de continuidade de outros temas do habitat humano, bem urgentes e essenciais, de outras ideias de discussão e de dinamização técnica e científica, e de outras iniciativas, algumas delas já em fase embrionária de desenvolvimento.
(27) Semana CIHEL 2017 - visita a Castelo Novo (Aldeia Histórica de Portugal) 
(28) Semana CIHEL 2017 - visita a Janeiro de Cima (Aldeia do Xisto) 
(29) Semana CIHEL 2017 - visita a Janeiro de Cima (Aldeia do Xisto) 
Sexta-feira dia 10 de março: Visitas – Aldeias Históricas de Portugal e Aldeias do Xisto com apoio da CM Fundão e acompanhamento dos responsáveis por estas entidades.
Coordenação: Inês Daniel de Campos
Colaboração:Dalila Dias, Coord. Aldeias Históricas de Portugal; Rui Simão, Coord. Executivo da ADXTUR- Agência para o desenvolvimento Turístico das Aldeias do Xisto
. Visita a Castelo Novo (Aldeia Histórica de Portugal)
. Almoço de convívio e de conclusão do Congresso
. Visita a Janeiro de Cima (Aldeia do Xisto)
Retorno à Covilhã e conclusão dos trabalhos do Congresso.


Comissão de Honra do 4.º CIHEL

António Carreto Fidalgo (Reitor da Universidade da Beira Interior - UBI) – Presidente da Comissão de Honra
Almeida Henriques (Presidente da Câmara Municipal de Viseu)
António Pereira Gameiro (CIHEL, Presidente da Associação de Escolas de Arquitectura e Urbanismo dos Países de Língua Portuguesa – AEAULP)
Carlos Guimarães (Presidente da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto, FAUP)
Carlos Pina (Presidente do Conselho Directivo do Laboratório nacional de Engenharia Civil, LNEC, entidade organizadora do 2.º CIHEL)
César Freitas (CIHEL, Bastonário da Ordem dos Arquitectos de Cabo-Verde)
Cristina Maria Sena Fael (Presidente do Departamento de Engenharia Civil e Arquitetura da UBI)
Fernando Moreira da Silva (CIHEL, Presidente do Centro de Investigação em Arquitetura, Urbanismo e Design da Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa, CIAUD) 
Guilherme Vilaverde (CIHEL, GHabitar, Presidente da Federação Nacional de Cooperativas de Habitação Económica, FENACHE)
Haroldo Pinheiro (Presidente do Conselho Arquitetos e Urbanistas do Brasil)
Helena Roseta (CIHEL, Deputada à Assembleia da República, Presidente da Assembleia Municipal de Lisboa) 
Jaime Comiche (CIHEL, Coordenador da Ordem dos Arquitectos de Moçambique)
João Carvalhosa (CIHEL, Presidente do CECODHAS.P, Chair do Comité Social da Housing Europe, Assessor do Conselho de Administração da GEBALIS, EM.)
João Lanzinha (Vice-presidente da Faculdade de Engenharia da UBI)
José Luís Saldanha (CIHEL, Diretor do Departamento de Arquitectura e Urbanismo do ISCTE-IUL, entidade organizadora do 1.º CIHEL)
Khaled Ghoubar (CIHEL, Professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, coordenador Científico 3.º CIHEL)
Manuel Augusto Meirinho (Presidente do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa ISCSP-UL)
Manuel Pizarro (Vereador e Presidente da Domus Social, Câmara Municipal do Porto)
Paulo Fernandes (Presidente da Câmara Municipal do Fundão e CIMBSE)
Rui Leão (CIHEL, Presidente do Conselho Internacional dos Arquitectos de Língua Portuguesa, CIALP)
Rui Moreira (Presidente da Câmara Municipal do Porto)
Teresa Valsassina Heitor (CIHEL, Coordenadora do PDA do DECivil, Instituto Superior Técnico) 
Vítor Leonel (Bastonário da Ordem dos Arquitectos de Angola)
Vítor Pereira (Presidente da Câmara Municipal da Covilhã)
Vítor Reis (Presidente do Conselho Directivo do Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana, IHRU)


Números das 1.as Conferências CIHEL (Semana Cihel 2017): cerca de 200 participantes, 14 intervenções no âmbito de sessões temáticas, 2 conferências, visitas técnicas, feira do livro técnico.
Números do 4.º CIHEL: cerca de 250 participantes mais outros 200 , 6 conferências no âmbito de duas Mesas Redondas com moderação, 176 comunicações, visitas técnicas, 2 exposições, feira do livro técnico e lançamento de 1 livro.
Finalmente, regista-se o conteúdo editorial da Semana CIHEL 2017
COELHO, António Baptista; CAMPOS, Inês Daniel de; GALANTE, Rogério (Coordenação Editorial) – 4.º CIHEL – Congresso Internacional da Habitação no Espaço Lusófono – Livro de Atas – A Cidade Habitada. Câmara Municipal do Porto e Universidade da Beira Interior, CIARCHE-UBI, Fevereiro 2017, 306 pp. e CD com texto integral de todas as intervenções ao Congresso, ISBN 978-989-654-363-1, Depósito Legal 422021/17.

(30) Ilustração do 4.º CIHEL (ilustrações Maria Abreu e atelier CNLL com Pedro Botelho)

Para concluir este artigo lembram-se os seis temas do 4.º CIHEL e os respetivos coordenadores no âmbito da Comissão Científica do 4.º CIHEL, registando-se que estes seis temas deram continuidades às linhas temáticas anteriormente desenvolvidas nos primeiros três congressos CIHEL:
(Tema A) ASSENTAMENTOS HUMANOS - futuros urbanos e novidade da tradição, estratégias sensitivas para o desenvolvimento urbano, as novas agendas do habitat humano entre a formalidade e a informalidade. Coordenador: Leandro Medrano (Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo).

(Tema B) MODOS DE HABITAR – as casas do futuro e a sustentabilidade dos padrões de consumo e produção de cidade e de proximidade; as novas necessidades, soluções e tipologias na habitação. Coordenador: Fernando Moreira da Silva (CIAUD, Faculdade de Arquitectura, Universidade de Lisboa e CIHEL).

(Tema C) MODELOS DE URBANIZAÇÃO NOS ESPAÇOS DA LUSOFONIA – entre políticas públicas de habitação, mercado imobiliário e o que pensamos sobre habitação e cidade; opções entre Estado regulador e Estado construtor. Coordenador: Anselmo Cani (Faculdade de Arquitectura e Planeamento Físico, Universidade Eduardo Mondlane e CIHEL).
(Tema D) NOVAS TERRITORIALIDADES E ÁREAS DE ALTA E BAIXA DENSIDADE – processos transformativos da cultura, da paisagem e do ambiente; estratégias territoriais para um desenvolvimento integrado; novas territorialidades, entre litoral e interior; áreas de alta e baixa densidade.
Coordenador: Miguel Santiago (Dep. Engenharia Civil e Arquitetura, Universidade da Beira Interior).
 (Tema E) REABILITAÇÃO URBANA – identidade, património e vitalidade urbana; adequação entre oferta e procura habitacional em diversas zonas da cidade; usos mistos e inovação tipológica em edifícios; reabilitação integrada de espaços de uso público. Coordenador: João Lanzinha (Dep. Engenharia Civil e Arquitetura, Universidade da Beira Interior).

(Tema F) RESILIÊNCIA NA CONSTRUÇÃO – economia social no setor da construção; novos processos e ferramentas de projeto de arquitetura; objetivos de saúde e conforto na construção; equilíbrio entre durabilidade, custo e qualidade na construção. Coordenador: Jorge Grandão Lopes (Dep. de Edifícios, Laboratório Nacional de Engenharia Civil).

Finalmente, aproveita-se para enviar um renovado agradecimento e uma saudação calorosa a todos os amigos e colegas participantes na semana CIHEL2017, aproveitando para vos dizer que as 2.as Conferências CIHEL e o 5.º CIHEL serão, em boa parte, aquilo que os amigos e colegas quiserem que tais eventos sejam e não será o pertencer, ou não, ao Secretariado do CIHEL que limitará a vossa participação e o vosso protagonismo nessas ações, bastando, para tal, vontade, iniciativa e um contato atempado.

Com amizade e até ao 5.º CIHEL e/ou às 2.as Conferências CIHEL 
Notas editoriais:
(i) Embora a edição dos artigos editados na Infohabitar seja ponderada, caso a caso, pelo corpo editorial, no sentido de se tentar assegurar uma linha de edição marcada por um significativo nível técnico e científico, as opiniões expressas nos artigos e comentários apenas traduzem o pensamento e as posições individuais dos respectivos autores desses artigos e comentários, sendo portanto da exclusiva responsabilidade dos mesmos autores.
(ii) De acordo com o mesmo sentido, de se tentar assegurar o referido e adequado nível técnico e científico da Infohabitar e tendo em conta a ocorrência de uma quantidade muito significativa de comentários "automatizados" e/ou que nada têm a ver com a tipologia global dos conteúdos temáticos tratados na Infohabitar e pelo GHabitar, a respetiva edição da revista condiciona a edição dos comentários à respetiva moderação, pelos editores; uma moderação que se circunscreve, apenas e exclusivamente, à verificação de que o comentário é pertinente no sentido do teor editorial da revista; naturalmente , podendo ser de teor positivo ou negativo em termos de eventuais críticas, e sendo editado tal e qual foi recebido na edição.

Infohabitar, Ano XIV, n.º 644

SEMANA CIHEL 2017, um pequeno relato -Infohabitar 644

Infohabitar
Editor: António Baptista Coelho
abc.infohabitar@gmail.com
abc@lnec.pt

Infohabitar, Revista do GHabitar (GH) Associação Portuguesa para a Promoção da Qualidade Habitacional – Associação com sede na Federação Nacional de Cooperativa de Habitação Económica (FENACHE).
Editado nas instalações do Núcleo de Estudos Urbanos e Territoriais (NUT) do Departamento de Edifícios (DED) do LNEC.

Apoio à Edição: José Baptista Coelho - Lisboa, Encarnação - Olivais Norte.

Sem comentários :