sábado, maio 03, 2014

Imagens e cores urbanas e naturais I - Olivais-Norte/Encarnação, Lisboa - Infohabitar 483

Infohabitar, Ano X, n.º 483

Imagens e cores urbanas e naturais I - Olivais-Norte/Encarnação, Lisboa

António Baptista Coelho

(Nota prévia: lembra-se que a Infohabitar ultrapassou, há poucos dias, a barreira do meio milhão de consultas/Page views)

Continuando a nova série de artigos da Infohabitar inteiramente integrados pela edição de imagens - desenhos e fotografias -, apresentam-se nesta edição algumas imagens associadas à, atualmente, bem importante redescoberta da matéria da Imagem urbana, neste caso, numa perspectiva de associação entre imagens urbanas e naturais/paisagísticas, proporcionadas pelos excelentes exemplos urbanos e residenciais evidentes no modelar bairro modernista dos Olivais-Norte/Encarnação, em Lisboa.


Imagem 01:

Relação entre imagem urbana e paisagem.

É muito interessante e estimulante a relação que se estabelece entre imagem urbana/edificada e envolvente natural/paisagística, resultando dessa relação uma valorização mutua em termos de imagem local e urbana; pois os edifícios, ainda assim, definem continuidades gerais em termos de ruas e vizinhanças.


Imagem 02:


Edifícios protagonistas.

Alguns dos edifícios têm um protagonismo acrescido na definição das referidas continuidades gerais em termos de ruas e vizinhanças; continuidades estas que resultam  tanto de uma grande clareza da estruturação geral do bairro, como de uma afirmada definição de "correntezas" edificadas bem distribuídas .



Imagem 03:

Presença da natureza.

Há verdadeiro lugar para a presença da natureza e da paisagem natural, numa primeira aliança entre arquitectura "civil" e paisagística (cerca de 1960) ; um exemplo que, infelizmente, teve pouca continuidade, entre nós.




Imagem 04:

Percursos pedonais e natureza.

Por vezes, natureza e edifícios "lutam" amigavelmente, caracterizando os diversos percursos pedonais que rodeiam todo o bairro e permitem, assim, uma sua leitura "dupla": seja mais urbana, ao longo das ruas; seja mais natural, ao longo destes caminhos. E esta foi também uma prática urbanística que não teve continuidade assinalável.


Imagem 05:

Relação entre edifícios e natureza.

Na zona central deste pequeno, mas bem agradável, bairro a relação directa e afirmada entre edificação e natureza tem excelente exemplos.

Notas editoriais:
(i) Embora a edição dos artigos editados na Infohabitar seja ponderada, caso a caso, pelo corpo editorial, no sentido de se tentar assegurar uma linha de edição marcada por um significativo nível técnico e científico, as opiniões expressas nos artigos e comentários apenas traduzem o pensamento e as posições individuais dos respectivos autores desses artigos e comentários, sendo portanto da exclusiva responsabilidade dos mesmos autores.
(ii) De acordo com o mesmo sentido, de se tentar assegurar o referido e adequado nível técnico e científico da Infohabitar e tendo em conta a ocorrência de uma quantidade muito significativa de comentários "automatizados" e/ou que nada têm a ver com a tipologia global dos conteúdos temáticos tratados na Infohabitar e pelo GHabitar, a respetiva edição da revista condiciona a edição dos comentários à respetiva moderação, pelos editores; uma moderação que se circunscreve, apenas e exclusivamente, à verificação de que o comentário é pertinente no sentido do teor editorial da revista; naturalmente , podendo ser de teor positivo ou negativo em termos de eventuais críticas, e sendo editado tal e qual foi recebido na edição.


INFOHABITAR Ano X, nº 483
Editor: António Baptista Coelho - abc@lnec.pt
GHabitar (GH) Associação Portuguesa para a Promoção da Qualidade Habitacional
Universidade da Beira Interior (UBI), Departamento de Engenharia Civil e Arquitectura (DECA) 
Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), Núcleo de Estudos Urbanos e Territoriais (NUT)
Imagens e cores urbanas e naturais I - Olivais-Norte/Encarnação, Lisboa
Edição: José Baptista Coelho - Lisboa, Encarnação - Olivais Norte.


Sem comentários :