domingo, março 10, 2013

Congresso sobre Habitação Cidade e Território 11 a 15 de março LNEC Liboa - Infohabitar 430

Infohabitar, Ano IX, n.º 430

Na semana do Congresso: é ainda possível a inscrição no 2.º CIHEL e 1.º CCRSEEL http://2cihel.lnec.pt/


O "desenvolvimento do território, da cidade e da promoção habitacional", no âmbito da lusofonia, são os temas a discutir no 2.º CIHEL e 1.º CCRSEEL,um congresso internacional, organizado pelo Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), em Lisboa, de 13 a 15 de março de 2013.

O 2.º CIHEL está associado ao 1.º Congresso CRSEEL - Construção e Reabilitação Sustentável de Edifícios no Espaço Lusófono e a outras atividades, entre as quais um Workshop, um Forum do CIALP - Conselho Internacional dos Arquitectos de Língua Portuguesa, sobre a prática profissional na lusofonia, o lançamento de um portal sobre a cidade e o território desenvolvido pelo Instituto do Território e pelo LNEC, exposições, uma delas sobre a última edição do Prémio do Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana, e uma visita técnica apoiada pela Câmara Municipal de Lisboa.


O 2.º CIHEL e 1.º CCRSEEL, realizado no Centro de Congressos do LNEC, visa aprofundar as bases de um fórum sociotécnico transnacional e falado em português, dirigido para a construção de laços duráveis de cooperação na respetiva grande área temática, seja pela realização em outros países da CPLP dos próximos congressos, seja pelo desenvolvimento continuado de outras atividades com utilidade socioeconómica.


Considera-se que proporcionar algo tão oportuno como a divulgação, numa mesma língua comum, das características das boas ideias e experiências de habitação, vizinhança, cidade e ordenamento territorial, são aspetos que podem ajudar, de forma determinante, a escolher bons caminhos em termos de boas práticas, com reflexos no bem-estar das famílias, numa bem informada poupança no investimento público, numa boa ligação entre resolução de problemas sociais e dinamização da economia e numa nova retoma do problema da habitação num século em que habitação e cidade têm de aprender a conviver de forma mutuamente favorável e mesmo estimulante.


E salienta-se que a temática da “Habitação, Cidade, Território e Desenvolvimento” é de grande oportunidade numa altura em que se desenvolvem planos para elevados números de habitações e para a reurbanização de extensas áreas em vários dos países da lusofonia, que se debatem com críticas carências habitacionais e de ordenamento urbanístico, e privilegiando-se a abordagem do habitar, num sentido amplo e o seu papel como meio vital de desenvolvimento socioeconómico dos respetivos países.


O 2. CIHEL é promovido e organizado pelo Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) e pelo FUNDCIC, a partir da iniciativa do Grupo Habitar (GH) – associação técnica e científica sem fins lucrativos com sede no Núcleo de Arquitetura e Urbanismo (NAU) do LNEC. Salienta-se que ao 2.º CIHEL se aliou o 1.º Congresso Construção e Reabilitação Sustentável de Edifícios no Espaço Lusófono (1.º CCRSEEL), desenvolvido pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (FCT-UNL).
Sublinham-se também os apoios determinantes que foram proporcionados ao Congresso por parte das seguintes entidades: Câmara Municipal de Lisboa (CML); Centro de Investigação em Arquitectura, Urbanismo e Design (CIAUD) da Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa; Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU); e Laboratório de Engenharia de Angola (LEA).


Sublinha-se, finalmente, que o Congresso tem o Alto Patrocínio do Senhor Presidente da República, é presidido pelo Senhor Secretário Executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, e tem os apoios institucionais do Ministério da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território, e do Ministério dos Negócios Estrangeiros, através da Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas.


E salienta-se a parceria estratégica entre o Congresso, o Conselho Internacional dos Arquitectos de Língua Portuguesa (CIALP) e a Ordem dos Arquitectos.


Atividades associadas ao Congresso e realizadas na mesma semana de 11 a 15 de março de 2013:


-Visita técnica aos Bairros e Zonas de Intervenção Priorirária (BIP-ZIP) da Câmara Municipal de Lisboa, na tarde do dia 11 de março.


-1.ª reunião AICEP/CECP/CIHEL/ Instituto do Território/IT (com grupo de empresários lusófonos e inscrições por convite);


-Fórum promovido pelo Conselho Internacional dos Arquitectos de Língua Portuguesa (CIALP), sobre prática profissional nos   países da lusofonia, com intervenção dos respetivos Bastonários e Presidentes;


-1.º Workshop CIHEL, apoiado pela AICEP, pela SECP e pelo IT (inscrições em conjunto com  Congresso);


-Congresso: cerca de 140 comunicações sobre oito temas e 12 intervenções convidadas, incluindo apresentação de portal informático lusófono, sobre habitação e cidade,desenvolvido pelo IT e pelo LNEC;


-Exposições: "Modernismo na Lusofonia: Arquitectura dos anos 40/50/60"; "O Prémio IHRU Construção e Reabilitação 2012"; : "Exposição experimental".


-Pequena feira do livro técnico: presença de editoras/livrarias e lançamento de três livros e uma revista.

Por tudo isto julga-se que para muitos técnicos, industriais, investigadores, empresários, e outros decisores será importante a participação no 2.º CIHEL, com inscrições abertas no site do Congresso, em: http://2cihel.lnec.pt/

Sem comentários :