segunda-feira, abril 25, 2011

Arquitecto Luís Cunha e Symposium Digital Fabrication no ISCTE -IUL, vencedores do Desafio Global On-line Moradia Ideal - Infohabitar 343

Infohabitar, Ano VII, n.º 343

Notas do editor:

O nº 343 do Infohabitar, editado a seguir ao Domindo de Páscoa: (i) divulga a excelente e próxima iniciativa do Departamento de Arquitectura e Urbanismo (DAU) do ISCTE-IUL, relativa aos colóquios e à exposição sobre a obra do Arquitecto Luiz Cunha, no dia 4 de Maio; (ii) faz uma primeira divulgação pormenorizada d um evento, também a não perder, que será realizado em Setembro de 2011, também no DAU do ISTE-IUL, o Symposium Digital Fabrication - a State of Art (simpósio cuja realização iremos acompanhando com detalhe), e (iii) faz as pontes de divulgação para os três premiados e dos 11 finalistas do Desafio Global On-line Moradia Ideal: Colaboração Para Cidades Mais Inclusivas e Sustentáveis, uma iniciativa da responsabilidade dos Changemakers da Ashoka.

(i) Colóquios e exposição sobre a obra do
Arquitecto Luiz Cunha

Divulga-se um convite para os colóquios e a inauguração da exposição acerca da obra do Arquitecto Luiz Cunha, no dia 4 de Maio, organizados pelo Arquitecto Paulo Miranda, o Departamento de Arquitectura e Urbanismo e a Reitoria do ISCTE-IUL. Esta iniciativa resulta da doação a esta escola do espólio pessoal do Arquitecto Luiz Cunha.

Será ainda apresentado, no dia 4 de Maio, um conjunto de trabalhos, sobre quinze obras do Arquitecto Luiz Cunha, realizados pelos alunos da disciplina de História da Arquitectura Portuguesa, do DAU do ISTE-IUL, sob orientação da Professora Ana Vaz Milheiro.

Será com enorme prazer que a Reitoria e o Departamento de Arquitectura e Urbanismo do ISCTE-IUL vos receberão.

Vasco Moreira Rato
Director do Departamento de Arquitectura e Urbanismo do ISCTE-IUL
Avenida das Forças Armadas, 1649-026 Lisboa Portugal, http://iul.pt/

Programa:
Exposição e debate “A obra de LUIZ CUNHA”

CONVITE

O Reitor do ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa, Professor Luís Antero Reto, convida V.Exa para os seguintes eventos a decorrer no Auditório B104 do Edifício II no dia 4 de Maio de 2011:

10:00 – Abertura da Sessão pelo Reitor

Assinatura de um protocolo entre o ISCTE-IUL e o Arquitecto Luiz Cunha

10:30 - Colóquio “A Arquitectura, o Urbanismo e a Igreja”

Arquitectos Nuno Portas, Diogo Lino Pimentel e Luiz Cunha

15:00 - “O Desenho, a Arquitectura e os Homens”

Arquitectos Álvaro Siza Vieira, Alcino Soutinho, Carlos Carvalho Dias e Luiz Cunha

18:00 - Inauguração da Exposição LUIZ CUNHA, ARQUITECTURA & ARTES PLÁSTICAS 1957/2011

Sala de Exposições no Edifício II do ISCTE-IUL.



(ii) Symposium Digital Fabrication - a State of Art

O ISCTE-IUL vai realizar o Symposium Digital Fabrication - a State of
Art em Lisboa nos dias 9 e 10 de Setembro de 2011.

Gostaríamos de contar com a vossa presença e solicitar o reencaminhamento desta mensagem para colegas e/ou alunos que possam estar interessados.

O Symposium Digital Fabrication – a State of Art permitirá reunir em Portugal, no ISCTE-IUL, um conjunto de investigadores de referência internacional, no campo da fabricação digital e da Arquitectura. O objectivo é estimular a reflexão e o debate entre profissionais e não profissionais que actuam na área das novas tecnologias, da arquitectura interactiva, da multimédia e da fabricação digital.

Trata-se de um evento da maior relevância face aos novos desafios tecnológicos e de ensino da Arquitectura em Portugal. Pretende-se apontar e partilhar novas metodologias de trabalho, linhas de investigação e profissionalização. O evento é composto por um ciclo de seis conferências e um workshop.

Mais informações sobre o simpósio em http://digitalfabricationiscte.wordpress.com/.

As inscrições já se encontram abertas. http://iul.pt/

A comissao organizadora do simpósio

Fig. 01: Symposium “Digital Fabrication – a State of Art”
Symposium “Digital Fabrication – a State of Art”

Dias 9 e 10 de Setembro de 2011 no ISCTE- Instituto Universitário de Lisboa

O objectivo deste simpósio consiste na realização de um estado da arte como ponto de partida para o entendimento do que representa a fabricação digital em arquitectura e áreas análogas como design, arte e construção.

Através da fusão entre a arquitectura, a computação e a fabricação amplia-se o campo de pesquisa conceptual e das possibilidades de materialização, impulsionando-se assim uma transformação radical na abordagem das questões arquitectónicas.

Procura-se desafiar os participantes neste simpósio a questionar como a exploração da computação pode contribuir para melhorar o desenho e a performance da arquitectura; como a experiência e percepção do espaço podem enriquecer-se através da integração de tecnologias emergentes da arquitectura; como a forma pode ser gerada e evoluir paramétricamente e, acima de tudo, como tirar partido da modelação digital para produzir objectos físicos diferenciados.

A fabricação digital é um campo de trabalho ainda pouco conhecido e explorado em Portugal nas áreas da arquitectura e no qual apenas alguns investigadores trabalham. Neste contexto, pretende-se que o simpósio seja amplamente divulgado junto da sociedade em geral mas também do público especializado da arquitectura, artes plásticas, engenharia, construção, entre outros de modo a divulgar as potencialidades deste tipo de abordagem ao objecto arquitectónico. O público a quem se destina este simpósio é muito variado e inclui desde projectistas, investigadores, estudantes, técnicos de empresas e indústrias das áreas de arquitectura, engenharia, design.

Por outro lado, o convite feito a alguns dos especialistas mais conceituados internacionalmente na área da fabricação digital e multimédia fará com que a comunidade científica internacional seja também chamada a participar neste simpósio.


Fig. 02: Solar House, Solar Decathlon Madrid 2010, Iaac Barcelona

Os investigadores convidados para proferir palestras no simpósio foram os seguintes:

  •  Kevin Klinger, Ball State University (USA), Director Digital Fabrication, Center for Media Design, I.M.A.D.E. 
  • Vicente Guallart, IaaC Institute for Advanced Architecture of Catalonia (Spain), Director of Iaac
  • Bob Sheil, Bartlett School of Architecture (UK), Director of Technology and Computing
  • Tobias Bonwetsch, ETH Zurique (Switzerland), Research Fellow, Architecture and Digital Fabrication
  • Gabriela Celani, UNICAMP (Brasil), coordenadora do Laboratório de Prototipagem Rápida para Arquitectura e Construção (LAPAC).

Pretende-se que este simpósio constitua o arranque do novo Laboratório de Fabrico Digital do ISCTE-IUL. Este laboratório será uma marca da Escola de Tecnologias e Arquitectura (ISTA) no contexto do ensino, da investigação e da transferência de conhecimento, quer ao nível português quer ao nível europeu. A existência deste FabLab dará uma nova tónica à oferta formativa na área da Arquitectura no ISCTE-IUL e, a utilização deste laboratório ao nível do ensino, será precursora no país à semelhança do que já se faz em outros países europeus e noutros continentes.



Fig. 03: FlexBrick ETH Zurich, 2008-2010, Masonry facade system prefabricated in a robot-based manufacturing process

  O simpósio está dividido em duas partes: um ciclo de conferências temáticas e um workshop.

Com o ciclo de conferências pretende-se oferecer uma visão transversal da importância da fabricação digital nas suas várias valências. Primeiro prevê-se uma abordagem global à importância da fabricação digital na arquitectura seguida de dois exemplos de aplicação prática: Solar House, Solar Decathlon Madrid 2010, Iaac Barcelona (Figure 1) e FlexBrick ETH Zurich, 2008-2010 Masonry facade system prefabricated in a robot-based manufacturing process (Figure 2). No final prevê-se a partilha de experiências pedagógicas aplicadas no Brasil e no Reino Unido.

O workshop “Explorações Digitais > Realidades Materiais çDigital Explorations > Material Realities” fornecerá a um público alargado (estudantes, profissionais e não profissionais) a possibilidade de experimentar e ensaiar novas metodologias de aproximação aos temas expostos no ciclo de conferências. O curso teórico-prático de 7,5 horas, ministrado em português, será composto por 2 módulos. No primeiro módulo expõe-se e experimentam-se técnicas de modelação paramétrica com utilização de sistemas CAD-CAM e no segundo módulo experimentam-se técnicas de prototipagem-rápida. Procura-se aplicar técnicas de fabricação digital através de produção por corte a laser ou fresadora, preparando um modelo sólido para fabricação 3D.

  Mais informações sobre o simpósio podem ser encontradas em http://digitalfabricationiscte.wordpress.com/ e no facebook.

As inscrições são limitadas e já se encontram abertas. Para proceder ao registo devem ser seguidas as indicações contidas no site do evento na secção Registration.

A este evento foram atribuídos pelo Conselho Regional de Admissão da Ordem dos Arquitectos, 3 créditos ao simpósio e 8 créditos ao workshop.


A comissao organizadora do simpósio

Local:

ISCTE - Lisbon University Institute

Av.ª das Forças Armadas – 1649-926 Lisboa, Portugal

Tel: 00 351 217 903 000

Fax: 00 351 217 903 964

E-mail: digital.fabrication.iscte@gmail.com


Comissão científica:
Alexandra Paio (ISCTE/ADETTI)
Ricardo Resende (ISCTE/LNEC)
Maria João Gamito (ISCTE/FBA)
Miguel Sales Dias (ISCTE/Microsoft)
Nancy Diniz (Bartlett/ISCTE)
Sara Eloy (ISCTE/ADETTI)
Vasco Rato (ISCTE/DINAMIA-CET)


Comissão organizadora: Alexandra Paio (ISCTE/ADETTI)
Ricardo Resende (ISCTE/LNEC)
Sara Eloy (ISCTE/ADETTI)
Hugo Coelho (ISCTE)
Maria João Oliveira (ISCTE)
Luís Carvão (ISCTE)

 
(iii) Resultados do Desafio Global On-line Moradia Ideal: Colaboração Para Cidades Mais Inclusivas e Sustentáveis, uma iniciativa da responsabilidade dos Changemakers da Ashoka.

Atualmente metade da população do mundo vive em áreas urbanas. Em 2050, três de cada quatro pessoas no mundo viverão em cidades, uma vez que milhões de pessoas continuam a migrar para áreas urbanas em busca de oportunidades. As cidades, como motores da economia global, oferecem empregos e condições de vida a esses migrantes. Esses novos moradores, por sua vez, oferecem um conjunto diversificado de capital humano, talento, empreendedorismo e inovação a partir do qual as cidades podem fazer crescerem suas economias.

A maioria das cidades, em particular nos países em desenvolvimento, não está preparada para este crescimento dramático. Estima-se que um bilhão de pessoas viva atualmente em favelas, em sua maioria como resultado de planejamento inadequado, políticas pobres, fracassos do mercado e lacunas na capacidade governamental.

As cidades que desenvolverem estratégias para suprir a carência crítica de moradias acessíveis, sustentáveis e inclusivas e enfrentarem o desafio das restrições de energia e das mudanças climáticas, elevarão os padrões de vida, criarão comunidades mais agradáveis e reduzirão seu impacto ambiental.

Em antecipação à Cúpula das Américas de 2012, e em apoio à iniciativa Parceria de Energia e Clima das Américas (ECPA) do presidente dos EUA Barack Obama, o Changemakers da Ashoka lançou um desafio global intitulado Habitação Urbana Sustentável: Colaboração para Cidades mais Inclusivas e Agradáveis.

Esse desafio busca inspirar inovações destinadas a sanar a ausência de moradias adequadas e inclusivas e modelos pioneiros e sustentáveis de eficiência energética para o design de moradias, construção, uso da terra, planejamento de comunidades, finaciamento criativo de moradias, envolvimento da comunidade e políticas públicas. O desafio é financiado pela Fundação Rockefeller e um esforço conjunto do Departamento de Habitação e Desenvolvimento Urbano dos EUA, o Departamento de Estado dos EUA e American Planning Association.

O desafio tem foco na região da América Latina e Caribe, a região mais urbanizada dos países em desenvolvimento, em um esforço de ofertar exemplos e oportunidades para o resto do mundo. Busca por soluções, políticas e ideias integradas que sejam criadas em conjunto com populações urbanas de baixa renda e populações historicamente marginalizadas. Também busca encontrar modelos para colaborações efetivas e significativas que integrem o trabalho de líderes comunitários, planejadores urbanos, acadêmicos, especialistas em transportes, instituições financeiras e de crédito, profissionais de arquitetura e de políticas públicas e governos locais.

O desafio busca em especial identificar soluções que respondam a necessidades de comunidades, trabalhem com a infraestrutura existente, respeitem a cultura, materiais e práticas nativas locais e possam ser aplicadas em um amplo espectro de locais. Os participantes são estimulados a considerar estratégias que incorporem gestão e direitos territoriais, novas tecnologias, transporte, finanças, crédito para populações de baixa renda, e padrões para acessibilidade, equilíbrio entre trabalho e vida pessoal, saúde, segurança pública, qualidade ambiental e segurança dos cidadãos.

As melhores inscrições são colaborações que incorporam ideais acessíveis, inclusivas e sustentáveis com planos tangíveis para serem adaptadas e implantadas em ambientes urbanos. Essas inscrições serão apresentadas e revistas em um evento que encerra o desafio em junho de 2011 no National Building Museum em Washington, D.C., EUA.

Vencedores anunciados!


Zero Waste, Sustainable Architecture, Renewable Energy: unlimited source of renewable materials for sustainable housing, Rafael Ribeiro, Brasil, Sao Paulo

Green Development Zone, Aaron Bartley, Estados Unidos , New York, Erie County

Finalistas

Building a Culture of Earthquake Resistant Construction Practices Among Day Laborers in Haiti
Peter Haas, Haiti

Transforming the low-income housing development paradigm, Centro de Transporte Sustentable de México, México, Aguascalientes

micro Home Solutions: Safe & affordable home upgrading in low income urban India, Rakhi Mehra Índia, Delhi

Kibera Public Space Project: sustainable housing through 'productive public space', chelina odbert, Quênia

Social franchising for development of sustainable housing at the bottom of the pyramid, Francesco Piazzesi,
México, México

Slum Networking – Transforming Slums and Transcending Poverty without Aid with an Innovative Water and Sanitation Paradigm.Himanshu Parikh Índia

Sume Materiales (‘Incorporate materials') - Reutilization of materials to facilitate access to housing, María Itatí Cabral, Argentina, Buenos Aires Province

Programa Bem Morar, Leonora Mol, Brasil, Espirito Santo

Notas editoriais:

(i) A edição dos artigos no âmbito do blogger exige um conjunto de procedimentos que tornam difícil a revisão final editorial designadamente em termos de marcações a bold/negrito e em itálico; pelo que eventuais imperfeições editoriais deste tipo são, por regra, da responsabilidade da edição do Infohabitar, pois, designadamente, no caso de artigos longos uma edição mais perfeita exigiria um esforço editorial difícil de garantir considerando o ritmo semanal de edição do Infohabitar.

(ii) Por razões idênticas às que acabaram de ser referidas certas simbologias e certos pormenores editoriais têm de ser simplificados e/ou passados a texto corrido para edição no blogger.

(iii) Embora a edição dos artigos editados no Infohabitar seja ponderada, caso a caso, pelo corpo editorial, no sentido de se tentar assegurar uma linha de edição marcada por um significativo nível técnico, as opiniões expressas nos artigos apenas traduzem o pensamento e as posições individuais dos respectivos autores.

(iv) Para ser possível a edição de imagens no Infohabitar, elas são obrigatoriamente depositadas num programa de imagens - é usado o Photobucket; onde, devido ao grande número de imagens, se torna difícil registar as respectivas autorias. Desta forma salienta-se que, caso se pretenda usar essas imagens, se consultem os artigos do Infohabitar onde, sistematicamente, as respectivas autorias são registadas. Sublinha-se, portanto, que os vários albuns do Photobucket que são geridos pelo editor do Infohabitar constituem bancos de dados do Infohabitar, sendo essas imagens de diversas autorias, apontadas nos artigos do Infohabitar, pelo que deve haver todo o cuidado no seu uso; havendo dúvidas um contacto com o editor será sempre esclarecedor abc@lnec.pt


Infohabitar a Revista do Grupo Habitar

Editor: António Baptista Coelho

Edição de José Baptista Coelho

Lisboa, Encarnação - Olivais Norte

Infohabitar, Ano VII, n.º 343, 25 de Abril de 2011

Sem comentários :